quarta-feira, março 23, 2022

Entre a luz e as sombras.


William Turner


Se queres enfrentar o caminho

percorre-o pedra sobre pedra;

encontrarás muros e declives

e descansarás no chão molhado.

A tua sede será mitigada,

mas não declines o futuro

que aos teus olhos se antevê.

Uma espécie de pacto será

o espanto que te distinguirá

entre a luz e as sombras.


Texto
Ailime
23.03.2022

16 comentários:

  1. Lindo poema e ao percorrer nosso caminho, muito encontramos pela vida e seguimos entre luz e sombra!
    Adorei! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Entre a luz e as sombras, o espanto, a sede e a alma das pedras que percorremos uma a uma. E são tantas as que os nossos passos escolhem para serem o caminho de um futuro melhor.
    A tela de Turner a enquadrar as tuas belíssimas palavras, minha Amiga Ailime.
    Tudo de bom para ti.
    Muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Esse será sempre o nosso o caminho, entre a luz e as sombras. Faz parte da natureza humana.
    É nesta dialética, que vamos desbravando o nosso caminho...

    Excelente poema, amiga Ailime.
    Gostei muito.

    Continuação de ótima semana!

    Beijinhos.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.com

    ResponderEliminar
  4. Assim vamos seguindo, abrindo clareira e afastando as sombras. bjsss

    ResponderEliminar
  5. Indo e vindo,
    Trevas e luz,
    Tudo é Graça,
    Deus nos conduz!

    Boa noite de paz, querida amiga Ailime!
    Entre pedras, pedregulhos, espinhos e toda espécie de desafios, Deus nos distingue do que não serve. Ele é Fiel!
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos de gratidão

    ResponderEliminar
  6. É importante ser distinto tanto da luz, como das sombras...
    Uma inspiração bastante interessante, poetisa amiga. Beijinhos
    ~~~~~~~

    ResponderEliminar
  7. Sempre inspirada, com um lindo quadro a mostrar luz e sombras lado a lado, como um sonho abstrato. Não declinar o futuro significa não viver no passado e sim, construir esse pacto entre o que sonhamos (a luz) e os obstáculos que temos de vencer para a encontrar (as sombras). Deixar as sombras do passado e condicionar a mente para a luz do futuro. Se pensarmos assim, a luz acaricia-nos e podemos chegar a esse pacto, que é sentirmo-nos bem conosco, completos e felizes. Rasgar as rotinas que nos ensombram e sim, abraçar o futuro como coisa nova e boa, cheia de vida! Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Tudo faz parte da vida, o que acharíamos da luz se não houvesse sombras?
    Excelente poema, gostei muito.
    Continuação de boa semana, amiga Ailime.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Olá Ailime,
    Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito gostei, e desejar um Feliz fim de semana, com muita saúde.

    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Todos enfrentamos momentos cheios de luz e de sombras... Isso ajuda-nos a crescer, a enfrentar os desafios, mesmo que haja medo escondido no olhar...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  11. Olá Ailime
    Lindo poema, um forte abraço.

    ResponderEliminar
  12. Olá Ailime,
    Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito gostei, e desejar uma excelente semana, com muita saúde.

    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Muito belo, Ailime! Enfrentar o caminho... eis algo que todos precisamos, e gostei muito da poética receita! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderEliminar
  14. Para experimentarmos águas profundas no caminho, precisamos andar na luz e enfrentar as sombras.
    Um poema belo e intenso. A vida nos chama a mergulhos maiores...
    O meu abraço

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.