terça-feira, janeiro 04, 2022

Sigo por uma rua estreita



Sigo por uma rua estreita

e os meus olhos alongam-se

na direção do mar

Antes agarrava as estrelas

com as pontas dos dedos

e desenhava manhãs

na linha do horizonte onde o

poente se insinua nas asas 

dos pássaros.

Hoje ainda me espantam os corais

e os búzios

onde tatuei os meus sonhos

que à margem do tempo e das águas

não contam os dias.


Texto
Ailime
Jan/2022

Imagem Google

17 comentários:

  1. Olhar na direcção mar. Agarrar as estrelas com a ponta dos dedos. Tatuar os sonhos nos corais e nos búzios e com isso se espantar... Coisas que só quem ama as palavras pode fazer. Parabéns, minha querida Amiga pelo belíssimo poema.
    Uma boa semana com saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Foto e poema, deslumbrantes de ver e ler.
    .
    Votos de um Feliz Ano de 2022
    Cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  3. Muito bem escrito! Os sonhos sao imortais, ficam para sempre, no antes e no hoje. Tal como poemas como este! Que inspiração!

    ResponderEliminar
  4. Ailime

    um belo poema para começar o ano com uma imagem que até julguei ser minha rs rs.
    gostei das palavras e da imagem.
    continuação de boa semana com saúde e harmonia.
    Beijinhos
    ;)
    http://olharemtonsdemaresia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Sublime poema, amiga Ailime!
    Onde as palavras flutuam, num universo de rara beleza.
    Parabéns!

    Continuação de boa semana, com muita saúde.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Ruas estreitas nos dão visão larga, concentração maior e beleza nas poesias por elas inspiradoras como a sua de hoje, querida amiga Ailime!
    Tenha um ano novo muito feliz e abençoado junto aos seus queridos!
    Beijinhos 😘

    ResponderEliminar
  7. Também ouvi o apelo do mar, porém, o meu poema é mais realista...

    Paira no teu, a delicadeza e a eloquência de seres inspirados a nível transcendental.

    Agradeço a leitura bem agradável. Beijinhos
    ~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A foto também é um poema! Maravilhosa!
      ~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  8. Olá, amiga Ailime.
    Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito apreciei, e desejar um Feliz fim de semana com muita saúde.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Excelente poema.
    Com imagens poéticas de grande beleza estética e literária.
    Bom domingo e boa semana, amiga Ailime.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. Olá, Ailime!

    É bom quando algumas coisas ainda nos trazem espanto, como num novo encantamento diante de coisas já conhecidas.
    A foto é lindíssima.

    Um ótimo domingo!
    Bj

    ResponderEliminar
  11. Lindíssimo poema para se ler e se encantar nos primeiros dias do ano!
    Abraços fraternos!

    ResponderEliminar
  12. "na linha do horizonte onde o

    poente se insinua nas asas

    dos pássaros" três versos que iluminam o poema
    beijo

    ResponderEliminar
  13. Todos os teus poemas, Ailime, são lindos. Mas alguns, como este, me levam a dizer: fantástico! Obrigado, amiga; meu abraço, boa semana!

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.