quarta-feira, setembro 03, 2014

Há nas primeiras folhas de outono



Há nas primeiras folhas de outono
O sabor e o aroma dos frutos maduros
Que penetram os sentidos
Como amoras a brilhar ao sol

E os cestos enchem-se de figos,
Uvas e maçãs enrubescidas
Como as frontes das gentes
Que as recolhem como um milagre

É a natureza a completar
O ciclo, que em cada estação
Se renova e nos espanta
A cada recomeço!



Ailime
03.09.2014
Imagem Google

16 comentários:

  1. A cada recomeço de ciclo nos deparamos que o tempo passa e passa... Mas é lindo poder acompanhar! Linda poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. No começo de cada estação há muita reflexão...
    Folhas, flores, frutos e o vai e vem dos tempos...
    Hoje já chove por aqui e não tardará a Primavera... Ventos, trovões e vivas esperanças sempre... Deus tudo vê e determina...
    Bonito texto, Ailime, sobre o Outono!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. O outono é apenas um hino de louvor e reflexão. Hora de parada, dormência, repouso para garantir forças! Lindo o poema, Ailime! Deus a abençoe!

    ResponderEliminar
  4. Quantas coisas a natureza nos ensina...basta observarmos! Lindo poema Ailime!
    Beijos
    Mariangela














    ResponderEliminar
  5. Olá, querida Ailime
    Um poema com o paladar das frutas suculentas do Outono que vai chegar aí e com gosto de poeta de alma em toda parte do mundo (VC)...
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar
  6. Gosto do Outono...quase tanto como do verão!
    Um belo poema e uma imagem deliciosa, Ailime.
    Deixo um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Ailime ,acertaste a Lis! A outra, deixei mais uma dica lá,gosta de decoração... bjs, obrigadão! chica

    ResponderEliminar
  8. Ailime! Bela poesia da nossa linda natureza. Folhas de outono caem sob a terra, sob o nosso olhar.

    Lindo!
    Bom fim de semana para você.
    Beijos
    Nati

    ResponderEliminar
  9. Gostei particularmente do segundo verso...
    ...e também da imagem/foto sugestiva...

    beijinho amigo

    ResponderEliminar
  10. Ailime, li por lá e que bom que achaste o Picmonkey! É ótimo,né? Adoro e uso muito! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  11. Voltei!!!
    Muito obrigada por ter aceito o meu convite para ser Jardineira das Causas Justas... Deus lhe abençoe!!!
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar
  12. E o Outono já vai chegando no seu País , enquanto aqui ficamos com a Primavera,
    Duas estações perfumadas.
    Que os 'cestos' estejam sempre cheios a todos os povos,
    um abraço da
    lis

    ResponderEliminar
  13. Lindo, Ailime! Captaste, sim, a beleza poética e cheia de esperança do outono! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  14. O outono a trazer-nos os sabores da fruta e as folhas cor de mel...
    Um belo poema...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Um dia entrei com meu primeiro blog.
    Sem imaginar construia
    um cantinho onde viesse habitar estrelas e cometas.
    Na minha vida muita coisa mudou
    Desse dia
    em diante passei a ser Fonte de Amor.
    Nome dado ao meu primeiro habitar.
    Quanto mais o tempo passava
    amizades lindas fui encontrando.
    Outros habitar fui construindo
    até entrar com o blog que mais
    tarde eu daria nome ao meu primeiro livro.
    Agradeço a Deus por tamanha conquista.
    Hoje venho comemorar
    com você mesmo atrasada meu aniversário.
    A lembrança desse dia deixei na
    postagem coso gostar ofereço com muito carinho.
    Um abençoado final de semana afilhada.
    Paz ..amor..Evanir.

    ResponderEliminar
  16. Obrigadão,Ailime! Hoje foi fácil,né? rs Valeu! Acertaste logo e assim estou pronta com as remessas de hoje! bjs, lindo dia! chica

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.