domingo, julho 08, 2012

Deixa-me contar-te histórias




Deixa-me contar-te histórias
Sobre as aves mais belas do universo
E correr de novo pelas praias
Nos dias em que amanhecemos
A contemplar a beleza do mar.

Deixa-me sentir de novo
Os sorrisos e as gargalhadas
Puros como finos cristais
Oferecidos como fascínio
De inocência incólume.

Vamos folgar livremente
Pelos campos ainda bravios
Onde as flores de mil cores
Nos aguardam nos aromas
Impregnados de saudade.

Ailime
20.05.2011
Imagem da Net

10 comentários:

  1. Lindo e quantas lindas histórias pra contar...beijos,ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Olá, caríssima, como está?
    Em relação à sua pergunta na minha Astronomia:
    Nada tem a ver!
    Essa partícula foi descoberta aqui na Terra, no CERN - um acelerador de partículas entre a França e a Suíça.
    A galáxia em causa (que tem mais de 400 mil milhões de estrelas) tem a curiosidade de ser das poucas que poderão ser vistas com uns bons binóculos, entre as mais de duzentas mil milhões que compõem o nosso Universo!
    Desejo-lhe um bom fim de semana e... boas férias!
    Bjsss

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso poema,que bom voar assim...
    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  4. Eis um texto que torna ainda mais surpreendente a foto. Muito bom! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  5. Lindo seu poema Ailime.
    Um abraço carinhoso e uma semana de muita paz!

    ResponderEliminar
  6. Poema lindo, magnífico Deus que lhe deu tamanha inspiração!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Lindo`poema.
    Muchas gracias por tu visita y por tus palabras
    Un beso

    ResponderEliminar
  8. lindooo


    Beijocas :*
    Boa Semana ")

    ResponderEliminar
  9. Alime amiga mande sempre seus poemas lindos que nos confortam a alma e nos acalenta o coração beijinho e bom fim se semana,

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.