domingo, julho 17, 2011

Ouço o murmúrio do mar


Aqui no canto - meu

Ouço o murmúrio do mar

Como em dia de temporal

No enigmático bulício do vento

Que sacode com furor

Os troncos frondosos dos plátanos,

Donde se desprendem folhas

Exuberantes de tanta seiva

Que vão matizando aqui e ali

A terra que as acolhe

Como se as enlaçasse.




Ailime
17.07.2011
Imagem da Net

5 comentários:

  1. O murmúrio do mar para mim é indispensável, não consigo imaginar-me a viver longe dele, com temporais ou não.
    Todos os poemas que incluem o mar me são confortantes, gostei muito.
    Bj

    ResponderEliminar
  2. Que Deus abençoe você
    e a mim também.
    Que a nossa amizade tão linda
    nunca chegue ao Fim.
    Que a paz que trago no
    peito seja cada dia maior.
    Que sinceridade seja
    minha maior virtude
    Que o amor que sinto no coração
    seja tão grande
    o maior que uma pessoa pode ter.
    Que sua semana seja uma
    benção Divina.
    Com carinho beijos no coração,,Evanir..

    ResponderEliminar
  3. Amiga, rezar para o mar levar para longe tudo de ruim e dar lugar a luz.
    Quero águas limpas....:) bjs, com saudades....depois apaga os links acima...Beijos, amiga.

    ResponderEliminar
  4. Beijos e obrigada por existir. Mari.

    ResponderEliminar
  5. É como diz:

    ar, vento e mar

    a todos nos abraça!


    saudações poéticas

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.