segunda-feira, outubro 05, 2009

Hoje é o dia

Hoje é o dia em que as palavras se soltam
para bailarem ao sabor do vento.
Hoje é o dia em que a minha alma canta
o Outono, nas folhas douradas
dos plátanos caídas no chão.
Hoje é o dia em que me propus ser feliz,
porque no teu olhar me pressinto.
Ailime (05-10-09 - 11h)
Imagem obtida na net

11 comentários:

  1. Querida Ailime,

    Que beleza de palavras...tão sentidas...ainda bem que hoje se sente assim tão bem...vamos prolongar essa felicidade e esse olhar! DESEJO.

    Bjs. sinceros
    Mer

    ResponderEliminar
  2. Hoje foi um dia como tantos outros, mas... tu tornaste-o diferente o que me leva a fecha-lo com chave de ouro, porque mais uma vez tive a oportunidade de ler algo de maravilhoso neste teu cantinho tão acolhedor.Obrigada amiga.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que bom amiga ás vezes temos dias assim,È ELE o salvador do mundo e de todos nos que nos faz lembrar que tambem temos de nos sentir felizes.Gostei muito.Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ailime

    Passa no meu canto. tens lá um abraço :)

    ResponderEliminar
  5. Obga. pelo comentário sempre com muita amizade. É uma honra a sua visita no retirito.

    Um dia destes coloco uma bandeira presa na janela para ver onde é exactamente a minha janela. É o PENÚLTIMO andar virado para Benfica e é o único que tem um canteirito preso na janela da marquise fechada.

    Bom dia de trabalho e de ambiente.

    "O meu alimento é fazer a vontade de Deus Pai" e tudo será mais leve e suave.

    Bjs.
    Mer

    ResponderEliminar
  6. Foi mesmo um dia feliz não foi. Espero bem que sim.

    ResponderEliminar
  7. Olá...

    Dá uma espreitadela no meu log ;)
    www.ocantinhodamimi.blogspot.com

    Beijos*

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Outono alentejano

    Há uma planície que tomou a cor do ouro
    Há um alarido das folhas secas que regressou
    Há confusos silêncios com espírito mouro
    Há na memória a saudade de quem nos amou
    (Paulo Sempre)

    Beijos

    Paulo

    ResponderEliminar
  10. Que bom Ailime!
    Somos felizes quando nos sentimos bem, o que nos mostra que a felicidade é feita de pequenos retalhos.
    Bj
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Pressentir o olhar, no silêncio das palavras...
    Um abraço
    Chris

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.