segunda-feira, setembro 25, 2017

Nas folhas de outono


Há nas folhas de outono o encanto do pôr do sol.
Os seus dourados e vermelhos lembram o astro rei
quando ao entardecer parece aninhar-se no horizonte
num leito feito de luz que nos extasia o olhar.

A Terra parece respirar silêncio e serenidade
e as gaivotas bailam sobre as marés 
a magia desse momento que atordoa os sentidos,
como se o crepúsculo reacendesse em nós
o anseio de um novo alvorecer.



Texto e foto
Ailime
25.09.2017

21 comentários:

  1. Linda imagem, lindo poema de uma estação que eu gosto muito.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderEliminar
  2. Deu pra ver e sentir o outono por perto...Linda poesia e foto! beijos, chica

    ResponderEliminar
  3. Há folhas em todos os apeadeiros da vida
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Folhas de outono, flores de primavera... como as estações, cada fase da vida tem um encanto próprio. Muito belo, Ailime! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  5. Que bonito! Adorei a foto. Gosto muito destas cores.

    Boa noite
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Olá, queirda amiga Ailime!
    Creio que, se eu não fosse primavera, seria outono... tão lindos os dois!
    Gosto da saudade destas estações...
    Você poetisa com calmaria a nova estação que é bem vinda aí!
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem florido daqui

    ResponderEliminar
  7. Poetizou muito bem, Ailime... A foto é cativante e maravilhosa...
    O Outono com as suas belas cores...
    Comentando aqui para em seguida ter um sono sossegado e bom... Que venha um feliz amanhã... Bjs

    ResponderEliminar
  8. O outono como um futuro adivinhado nas folhas das árvores. Os contrastes em todos os olhares. Uma festa a espreitar a Terra, no silêncio das noites e no espanto de cada manhã.
    Muito belo, o teu poema Ailime. A fotografia a dar-nos as cores do outono.
    Um beijo, minha Amiga.

    ResponderEliminar
  9. A sensação do outono foi bem reproduzida na beleza do seu poema, na foto e no meu coração. Aqui estamos no início da primavera. Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. E neste olhar ... as cores outonais ajudam a embelezar seu texto!!!
    Bela partilha ... bj

    ResponderEliminar
  11. Bom dia Ailime, passando pra desejar um feliz findi e apreciar seus escritos, lindos versos saudando o outono.

    Outono
    Quando chega outono
    um novo ciclo se refaz.
    Equilíbrio da natureza
    que brinda a vida humana e animal.
    “São as flores de outono”, chegando
    e colorindo nossos campos com
    seus matizes diversos.

    dinapoetisadapaz

    Bjs e bom dia!

    ResponderEliminar
  12. Lindo poetizar, em cada verso lindo ia me encantando e imagens belas surgindo no meu pensar.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. O outono é assim mesmo.
    Gostei do poema, é magnífico.
    Bom fim de semana, amiga Ailime.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  14. Boa semana, minha amiga; aguardo o próximo post!

    ResponderEliminar
  15. Fotografar o outono é uma forma de escrever poesia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Esta registro em foto e verso são lindos quadros que traduzem as emoções que esta estação nos transmitem. Bom domingo.

    ResponderEliminar
  17. He llegado hasta aquí en busca de la poesía y la verdad es que la he encontrado en la hermosura de las palabras que describen los pensamientos. Fue muy grato poder disfrutar de este poema.
    Afectuosamente. Franziska

    ResponderEliminar
  18. Reli com prazer, Ailime, estes belos versos que nos remetem ao outono. Mas, confesso, aguardo o próximo post. Boa semana!

    ResponderEliminar
  19. Vim à procura de mais.
    Mas gostei de reler este magnífico poema.
    Continuação de boa semana, amiga Ailime.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Belos versos inspirados no outono! Um poema lindo de se ler!
    Bjss!

    ResponderEliminar
  21. Sentindo falta dos teus posts. Quando virá o próximo? Boa semana, amiga!

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.