quinta-feira, outubro 23, 2014

Naufrágio

Tela de Ivan Constantinovici Aivazovski

Naufrago como um barco perdido sobre a cripta da onda
como se uma noite fria de luar me trespassasse no peito
o vento que sopra os agoiros das tempestades e me arrebata
as marés que transporto nos olhos vagos de tanto mar.



Ailime
23.10.2014
Imagem Google

12 comentários:

  1. Que beleza de inspiração,Ailime! És demais! E a tela, maravilhosa!!!

    bjs, lindo dia (que bom que riste bastante ontem com os legumes,rs) chica

    ResponderEliminar
  2. Imagem e texto fortes, Ailime! A alma em grandes embates...

    Um Abraço Muito Grande!

    ResponderEliminar
  3. Oi Ailime
    Que texto intenso amiga! Ficou perfeito com a imagem escolhida. Uma dualidade bem conectada minha querida
    Beijos no coração

    ResponderEliminar
  4. Por vezes assim é. Naufraga-se. E os olhos vertem todo o mar que nos engole.
    Mas depois da tempestade vem a bonança.

    Beijinhos, amiga Ailime <3

    ResponderEliminar
  5. Desde que o naufrágio não seja de ir até ao fundo, há sempre a oportunidade de chegar à margem...
    Belas palavras, gostei imenso.
    Bom fim de semana, querida amiga Ailime.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Há naufrágios assim

    belos nas palavras
    para os olhos

    ResponderEliminar
  7. Muito belo, Ailime.
    De onde vem a tempestade, vem também aquilo que nos salva...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Assim é, amiga! E, talvez, a maior lição da Vida seja sobreviver aos nossos naufrágios. Boa semana, fica bem!

    ResponderEliminar
  9. Boa noite Querida Ailime.
    É nesses momentos amiga que devemos entregar a direção do barco a Deus, ele nós conduz a um lugar seguro,mesmo que o barro afunde, ele estará a nós socorrer.
    Espero que esteja tudo bem com você.
    Muito lindo a sua postagem.
    Lembre-se Jesus te ama.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  10. Oi Ailime,
    Depois da tempestade sempre o sol trás novas esperança.
    Poema e imagem perfeita.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  11. Bom resto de semana, querida amiga Ailime.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Tudo que desejo é que o sol brilhe em sua vida
    todas as manhãs.
    Que somente coisas abençoadoras
    seja encontradas pelo caminho
    onde você passar.
    Bem sei nem tudo acontece segundo
    nossas vontades ser feliz é a meta de todos
    nós.
    Nem sempre devemos aceitar tudo,
    que surge nessa caminhada.
    A luta faz parte da vida
    cabe a nós semear boas sementes em nosso
    jardim mesmo entre as pedras,
    nascera flores perfumadas de esperança.
    Nessa mensagem desejo um feliz final de
    semana.
    Na postagem deixei um pouquinho
    daquilo que esta sendo escrito com
    cuidado e carinho.
    Meu próximo livro.
    Um abençoado final de semana .
    Beijos e meu carinho.
    Evanir.

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.