sexta-feira, janeiro 01, 2010

É Inverno no meu canto

É Inverno no meu canto e
A minha alma está branca,
Porque a neve teima em cair.

Já não são orvalhos,
Nem gotas de chuva,
Nem olhos marejados,
Nem gritos sufocados.

São rios a transbordar,
São mares encrespados,
São lágrimas a doer.

.............................................
Mas, que estou a escrever?
Porque estou a devanear?
Hoje é dia de Ano Novo.
É tempo de esperança.

..............................................
Ali, do outro lado da minha janela,
Já vejo um intenso céu azul
Salpicado de estrelas cintilantes.

Ailime
01-01-2009
(16h42)
Imagem cedida gentilmente pela Net

4 comentários:

  1. " (...)Já vejo um intenso céu azul()"

    Que assim seja sempre.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Amiga Ailime,
    A Primavera está de mansinho chegando...
    Tal como o bicho da seda ao canto da caixa de cartão com os ovinhos se transformando em lagarta...tal como a lagarta...se transformando em casulo...e novamente em borboleta e colocando novamente os seus abençoados ovinhos...na continuação do ciclo de vida...e da espécie...assim é... e será as nossas vidas, aqui na Terra, enquanto DEUS entender que fazemos falta ao nosso próximo e à evolução da nossa alma.
    Há uma teoria que diz que quando nascemos, as nossas células já sabem o tempo que vão aguentar neste Planeta Terra...será?
    Que a Primavera chegue no tempo certo...até lá um bom agazalho e lume adequado para aguentar mais outro, e outro e outros Invernos.
    Bjs.sinceros
    Forte, forte abraço
    Lindos versos e bonita foto de apresentação.
    Mer

    ResponderEliminar
  3. Alime que ano novo te traga tudo de bom saude amor e paz e alguns euros no bolso e muita imaginação para escrever eu gosto muito dos teus versos.Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. É inevitável! Com a entrada do novo ano, no mundo inteiro, milhares de pessoas desfiam um rol de bons propósitos. Algumas dessas intenções não passam do 1º mês do novo ano, caem no esquecimento. Por isso decidi que não faço promessas disto nem daquilo.

    Hoje os meus votos para todo o ano vão em forma de IDEOGRAMAS.
    São muitos os símbolos e os significados associados aos ideogramas. Cada traço do desenho imprime uma força mágica, duradoura e com a riqueza de uma escrita antiga e cheia de tradição e respeito.
    Os ideogramas têm muita força e poder.
    Deste modo os meus votos de
    Saúde,
    Coragem,
    Amor
    e Amizade para 2010.

    ResponderEliminar

«Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar».C.L.