sábado, maio 23, 2009

Chamo-te


"Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
E suportar é o tempo mais comprido.


Peço-Te que venhas e me dês a liberdade,
Que um só de Teus olhares me purifique e acabe.


Há muitas coisas que não quero ver.
Peço-Te que sejas o presente.


Peço-Te que inundes tudo.
E que o Teu reino antes do tempo venha


E se derrame sobre a Terra
Em Primavera feroz precipitado."


Sophia de Mello Breyner Andresen

domingo, maio 17, 2009

Mulheres eleitas pela primeira vez para o parlamento

" As mulheres foram eleitas para o Parlamento do Kuwait pela primeira vez na história deste rico emirato do Golfo após as eleições legislativas de sábado, segundo os primeiros resultados oficiais hoje publicados.
As candidatas liberais Aseel al-Awadhi e Rula Dashti, que completaram os seus estudos nos Estados Unidos, fazem parte das dez deputadas eleitas no terceiro distrito eleitoral.
Awadhi conquistou a segunda posição e Dashti foi sétima.
Duas outras mulheres tiveram fortes possibilidades de ser eleitas noutros distritos.
Dezasseis mulheres figuravam entre os 210 candidatos nas eleições legislativas.
O país está dividido em cinco distritos eleitorais que elegem cada um dez deputados.
Estas eleições antecipadas foram convocadas após a dissolução do Parlamento, em Março, pelo emir, o xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, pela terceira vez desde Maio 2006, devido a querelas à repetição entre legisladores e o governo."


(Notícia da Lusa, publicada no Expresso de hoje)
(Tomei conhecimento desta notícia no Blog
http://urbanidades-madeira.blogspot.com/

quinta-feira, maio 14, 2009

Conheça a ASTA


Conheça a ASTA, fruto do amor de uma Mãe, que um dia deixou tudo e prosseguiu uma nova vida para se dedicar por inteiro a seu filho e outros jovens com deficiência mental.
Esta Associação situa-se em Cabreira do Côa – Concelho de Almeida, Distrito da Guarda.
Vale a pena conhecer. Bem-haja.
14.05.2009

sexta-feira, maio 08, 2009

Cruzo a cidade...


Cruzo a cidade que já não é minha,
Onde me sinto forasteira
Num constrangimento infindo!
Nos olhares que se entrecruzam
Nos rostos, descorados pela fadiga,
Perscruto o indelével sofrimento
Dum amanhã sem retorno.
Ouço passos apressados
De quem deambula sem rumo,
Arrastando crianças em pranto
No meio do caos instalado.
Em esquinas manchadas de dor
Jazem corpos inanimados,
Esperando apenas, talvez
Um gesto, que tardará em chegar.
Ailime
08.05.2009
Imgem obtida na net

domingo, maio 03, 2009

Para minha mãe

Com um beijinho para minha Mãe, para todas as Mães, para todas as Mulheres.

Mãe, que ainda menina
geraste no ventre o silêncio
do teu amor, encantado.

Mãe, que enfrentaste o mundo
mostrando a evidência
do que antes era pecado.

Mãe, benevolente que foste
calando o sofrimento
que te consumia de dor.

Mãe, que atravessaste o tempo
transportando no regaço
o preço da tua inocência.

Mãe, que foste e ainda és
uma mulher de coragem,
tolerante para com a vida.

Mãe, hoje, quero dizer-te obrigada,
quero dizer-te com carinho,
que sou um ser feliz,
porque não desististe de mim.

Ailime, em 02.05.2009
23h29m

sexta-feira, maio 01, 2009

1º de Maio - Dia Mundial do Trabalhador


Com mãos se faz a paz se faz a guerra.
Com mãos tudo se faz e se desfaz.
Com mãos se faz o poema – e são de terra.
Com mãos se faz a guerra – e são a paz.

Com mãos se rasga o mar. Com mãos se lavra.
Não são de pedras estas casas mas
de mãos. E estão no fruto e na palavra
as mãos que são o canto e são as armas.

E cravam-se no Tempo como farpas
as mãos que vês nas coisas transformadas.
Folhas que vão no vento: verdes harpas.

De mãos é cada flor cada cidade.
Ninguém pode vencer estas espadas:
nas tuas mãos começa a liberdade.

As mãos
De: Manuel Alegre

Imagem obtida na net